quinta-feira, 8 de março de 2012

Abertura às trutas

No passado fim de semana, dia 3 de Março, fui até Penacova para um convívio com o pessoal do PcA.
PcA a marcar presença em Penacova
A viagem revelou-se interessante, com a saída de casa às 5h30 e depois do GPS me ter mandado para o sitio errado e umas manobras estranhas em ruas estreitas, cheguei ao destino eram quase 10h. Feitas as apresentações a quem ainda não conhecia, rapidamente nos entendemos e o que queríamos mesmo era ir à pesca.
Foto de Grupo PcA
A pescaria estava então iniciada e num instante se viram algumas jovens trutas aos saltos, umas sem visitar o pescador outras nem por isso. Da minha parte, apenas vi uma jovem truta perseguir a medalha que lhe apresentava mas não quis nada comigo. O dia preparava-se para nos dar um belo banho a cada momento, mas determinados na busca das belas trutas, permanecemos sempre à beira da água, lançamento atrás de lançamento, medalha atrás de medalha. Num desses lançamentos, um colega (Armando Sousa) engatou uma bela truta quando os restantes colegas já tinham abandonado o local. Caso para dizer que quem procura...

Armando com uma bela truta
Esta zona do rio, para o bem das trutas e restantes espécies,  pertence a uma vasta concessão dividida em lotes. Lote o nosso onde a pesca sem morte é obrigatória. E, na minha opinião, ainda bem!
Catch & Release com todos os cuidados
Após uma pequena paragem para por a conversa em dia e "reabastecer" com minis, pão e chouriço (típico!), avançamos para jusante com novas esperanças. Essas esperanças não iriam demorar muito tempo ter resposta e numa zona de fundão onde se juntam os dois rios, outro colega (Bruno Martins) tira uma grandiosa truta mesmo ao meu lado, que teve direito a video e release "forçado"!

Nesta altura chovia a sério, mas nada abalava este grupo. A busca pelas trutas continuava, sob uma bela paisagem e uma chuva que lavava a alma a cada gotinha caída.
Uma bela paisagem
 O tempo ia passando, as amostras iam voando mas a vontade permanecia sempre ali, insistindo, dizendo sempre "é desta, é agora, lança mais uma vez".
Pesca no seu melhor
Mas o tempo não perdoa e há mais na vida do que pesca, há um grupo de amigos com as mesmas ambições e objectivos que se juntam para conviver e se divertir. O almoço foi o passo seguinte, bem regado de gargalhadas e conversas de pescador. Entre um bom bacalhau assado na brasa, um arroz de lampreia e outras iguarias da casa, sempre bem acompanhado com o senhor tinto e colega branco, não havia ali individualidades. Apenas, um grupo.
Aproveita-se a pausa para mostrar outras capturas e contar relatos passados, recentes ou não, que enchem a cabeça de pescadores novos e menos novos com ideias para atingir "aquele peixe recorde".
Belas cores desta truta apanhada pelo Rui Coimbra
Da parte da tarde, embora já quase na hora de partir, um pequeno grupo de persistentes optou por continuar a pescaria. Desta vez, em estreia mundial, fiz alguns lançamentos (ou parecido) com uma cana de mosca e apenas posso dizer: Não é tão fácil como parece. Requer treino, bastante treino, para ter aqueles lançamentos que se vêm em vídeos e filmes. Mas só por uma razão desisti de insistir, a mosca soltou-se (??) e acabei por entregar a cana ao dono (o meu muito obrigado Armando!).
Antes de me dirigir ao local para fazer lançamentos, ainda ouvi um berro de indignação de um outro colega por ter perdido uma grande truta mesmo aos pés... A pesca tem destas coisas, umas vezes ganha o peixe, outras o pescador...

A tarde já ia avançada, a chuva abrandava com o passar do tempo e a hora da despedida aproximava-se. Uns por compromissos, outros pela longa viagem que os aguardava, rumamos aos carros e com a promessa de um "até ao próximo encontro" partimos cada um à sua vida, satisfeitos na sua plenitude.

Da minha parte, não me arrependo nada de ter feito 545km, ter dormido 5h, ter apanhado chuva praticamente o dia todo e não ter apanhado nenhum peixe. Se voltaria a o fazer? Certamente. Não tão cedo porque a carteira sente o seu peso, mas sim, algo a repetir.

Um dia...
Ler mais »