segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

2016, um ano atípico!

Fim de ano já lá vai, altura de fazer um balanço do que foi 2016... E que grande e estranho ano foi! Um ano onde recordes foram batidos, de pescarias em noites épicas atrás de noites épicas... Mas já lá vamos!

Tudo começa da forma mais estranha e surreal de sempre, com uma grande captura (recorde) utilizando material light, num sitio improvável... Acabou por ser a captura com sabor mais amargo de sempre, mas ainda assim foi algo que marcou e bem o início do ano!
A primeira e maior captura de 2016
Logo de seguida, mais um recorde batido. Desta vez foi uma valente truta, já quase em desespero e no cair do pano que deu o seu ar de graça. Brutal!!!
Abertura às Trutas PCA 2016 - Novo Recorde
No mar, as coisas começaram devagarinho e a ritmo lento... Umas capturas aqui e ali, de pequeno porte... Um passeio a Viana deu-me uma captura na action cam, foi um bom momento finalmente registado em video :)

O primeiro da Team e uma captura em video
Íamos em pleno mês de Maio quando as coisas começaram a aquecer. Chegou o VII Torneio Nacional Spinning e Corrico - Luis Vicêncio e foi B-R-U-T-A-L!!! Tendo como parceiro de pesca e mergulhos o Grigas, fizemos uma pescaria memorável que se traduziu num 1º e 2º lugar do pódio.

Grande torneio PCA, foi do melhor...!!
A partir dessa altura, começaram as noites épicas - agora apelidadas de "Clássicos" - com capturas constantes e de bom porte.
As noites começaram tímidas com algumas capturas, passando para muitas capturas, seguindo para uma quebra novamente, voltando a haver ainda mais capturas!
Foram jornadas lendárias, com muitas escamas envolvidas e com grandes companheiros!
Começou devagar, logo após o torneio...
Depois deu muito peixe!
Voltou a acalmar....
Para voltar a dar ainda mais peixes!!
No verão as coisas acalmaram um pouco e o calor imenso pediu umas pescas mais leves, um pouco para desenjoar e também para variar. Aproveitando a onda do Verão, fui conhecer novos pesqueiros e até nem me dei mal por lá, ficando umas contas por ajustar... ;)
Pescas de verão e bem coloridas!
Até ao final do ano, ainda houve tempo para ir "molhando o pão na sopa" umas quantas vezes. Ora atacávamos pela manhã, ora atacávamos noite dentro... Certo é que quando nos juntávamos era sempre uma festa e pescarias assim só podem ser memoráveis :)

Manhãs memoráveis...
...Foram do melhor!!!
Já mesmo quase a terminar o ano tivemos uma pescaria no mínimo insólita com a captura de um linguado! E para encerrar em grande nada como uma pescaria onde todos fizeram pelo menos uma captura...
O grande insólito do ano - o Linguado!
A última pescaria da Team - todos se safaram!
Analisando bem, foi um ano de muitas capturas, muitas libertações e acima de tudo muita água salgada. A água doce ficou um pouco para segundo plano, quase posta de lado, tendo apenas feito 2 ou 3 achigãs e a truta, pouco mais houve. Visitas aos chocos foram poucas, pescarias ao fundo idem e à bóia apenas me recordo de 1 pesca feita, só para ser diferente do habitual...

O forte mesmo foi spinning no mar, onde fiz um registo de 69 capturas, com 33 libertações - na sua grande maioria robalos.

Não peço um ano de 2017 com o dobro das capturas senão era um exagero, nem sequer precisa de ser igual. Sinceramente, acho que me contento com um ano repleto de aventuras, com ou sem escamas e sempre que possível partilhadas com os amigos! :)

2017 já aí está e..... Siga p'ra bingo!!!
Que belo postal de Natal!!!

6 comentários:

  1. Boas Morais,
    Que rico 2016, que venha 2017 ainda com mais histórias para contar!

    Forte Abraço e aperta com eles

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Manel :)

      Grande abraço e carrega em 2017!!

      Eliminar
  2. Comé Morais!
    Epa não podes apanhar o dobro se não assim esgotas o stok do mar e depois quem paga são os profissionais hahahhahaha
    Não te podes queixar agora vendo o teu resumo...
    Se este ano for igual para ti acho que está bom não :)

    Da-lhe aí forte, abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah claro claro, pagam os profissionais, de certeza absoluta....! :)
      Não me queixo, foi um bom ano!

      Grande abraço!

      Eliminar
  3. Acompanho o blog e espero que continue, é sempre bom para eu tentar aprender alguma coisas. Pois eu este ano, senti o apelo de estar junto ao mar e decidi-me a comprar o material de spinning, influenciado pelo Jaime e das maravilhas que imaginei de passear junto ao mar. Ninguém das minhas amizades me quis acompanhar e lá fui e vou sempre sozinho. Passei muitas horas a pescar, junto ao mar, souberam-me pela vida. Passear, passei muito, mas pescar quase nada. Por muito que tente aprender, não devo perceber nada disto. Não estou aborrecido por isso, vou continuar. Mas se me quiser levar um dia destes para ficar com outra perspetiva e ver onde estou a errar, ficava-lhe muito agradecido. Abraço, Filipe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Filipe,

      A ideia será sempre de continuar enquanto conseguir, faço sempre os possíveis para ir relatando as minhas aventuras piscatórias :)
      O spinning em si tem muito a parte da solidão, dos passeios, das horas juntas ao mar. A persistência também é fundamental, é um processo por vezes demorado, ingrato mas quando os resultados aparecem.... Gratificantes!

      Em relação a um dia combinar, actualmente encontro-me (por motivos profissionais) em Lisboa... Muito raramente desloco-me à terra onde toda esta aventura se iniciou e mais raramente ainda consigo fazer umas pescarias por lá, o que torna difícil a tarefa de ajudar....

      Se ajudar, há um fórum que me ajudou bastante a perceber como as coisas funcionam, se passares por lá pode ser que consigas ter umas luzes e quem sabe encontres companheiros de pesca, como eu encontrei :)

      Procura Pesca com Amostras (PCA) e inscreve-te!

      Abraço Filipe!

      Eliminar