sexta-feira, 2 de julho de 2010

E material??

Pois é, encontro-me com muito tempo livre disponível (há outras coisas na vida para além da pesca(será?...)) e uma vez que não vou a pesca, posso colocar aqui uma breve descrição do material que me faz acompanhar nas jornadas por Viana. Não irei colocar tudo de uma só vez, senão depois mais tarde deixaria de ter o que fazer("vai à pesca oh malandro!").

Canas
Ora bem, começando por aquilo que nos faz duvidar sempre da sua resistência aquando necessário puxar um exemplar maior de sítios altos, as canas que me fazem acompanhar são:

A primeira cana de surfcasting que comprei, já la vai cerca de um ano, foi uma Barros Albatroz Top Surfer - 4,5mt - 100gr/250gr. Não me tem dado desilusões, pelo contrario, tem um bom comportamento, que coloque chumbadas leves(100gr) quer coloque algo mais pesado(máximo que já usei foi 180gr). Para já, é a matadora de serviço!

A vermelha, a mais recente aquisição, é uma Grauvell SC Surf EX - 4,2mt - 100gr/200gr. É uma cana mais leve, mais fina e mais sensível. Nos lançamentos que já fiz com ela, reparei que a ponteira é extremamente sensível e fina e requer um tipo de lançamento mais delicado. Pode ser a minha salvação em dias de pesca difícil, colocando material mais fino a trabalhar!




Carretos


















Com a minha primeira cana, veio o meu primeiro carreto robusto de pesca no mar, o Barros Azimute 8000. Desde que peguei nele, reparei que é um carreto muito forte, uma boa embraiagem e recupera a uma boa velocidade(1:4.1).

Na mais recente aquisição, veio um carreto ligeiramente menos robusto, mas igualmente eficaz. O Okuma Avenger Av-65 é um carreto menos robusto, mas mais leve e de recuperação mais rápida. Como está "acasalado" com a Grauvell, formam uma boa combinação de pesca leve e rápida.

E para já é isto que vos apresento, irei eventualmente mais tarde disponibilizar outros utensílios usados nas jornadas por terras minhotas(e não só)!

Fiquem bem e boas pescarias!!

Sem comentários:

Publicar um comentário